Congo de Ouro

Capoeira e Percussão Romário Itacaré

Tenha em Mente que a percussão é uma das mais antigas formas de comunicação entre nós e nossos ancestrais
Aprenda RSS feed e encontre você mesmo! Prof Romário

Posts Tagged ‘Mestre Lito’

Conheçam o Mestre Lito

Evangelista José do Nascimento, mais conhecido na capoeira como Mestre Lito. Nasceu Cabrobó em Pernambuco. Em 1968 teve seu primeiro contato com a capoeira em Juazeiro na Bahia.
Na década de 70 treinou capoeira com um dos grandes nomes da capoeira de Recife Mestre Teté e também com o falecido Mestre Linguado. Em meados dos anos 80 Mestre Lito, já lecionava capoeira na Febem mais conhecida como Fundação CASA como voluntário.
Em 1990 Mestre Lito veio para São Paulo onde teve o seu contato com o Mestre Miguel Machado (Associação Desportiva e Cultura – Grupo Cativeiro Capoeira), com sabedoria Mestre Lito sempre diz que Mestre Miguel Machado foi o divisor de águas para sua vida.
Mestre Lito então resolveu se dedicar a Capoeira Angola todos esses anos. O reconhecimento de Mestre de Capoeira Angola aconteceu logo, a comunidade de Mestres de Capoeira como: Meste Ananias, Mestre Gaguinho, Mestre Bigo e Mestre Zé Baiano, reconheceram o trabalho que Mestre Lito vinha desenvolvendo com a Capoeira Angola.


Atualmente Mestre Lito mora no estado Paraná na cidade chamada Colorado, Mestre Lito leciona Capoeira Angola no Centro Cultural Asa Branca. Onde este trabalho é um trabalho social com crianças e jovens e adultos, que querem realmente aprender os fundamentos da capoeira Angola.
Mestre Lito Atualmente ele pratica a Capoeira Angola. “Não é consumismo, porque viajei pelo exterior, convivi com a chamada capoeira contemporânea, mais estilizada, que dá retorno financeiro.
Mas, meu ser clamava por algo mais da essência, mais livre, o que encontrei na Capoeira Angola”, pondera ele. “A classe média alta que consome a capoeira hoje acaba por impor conceitos de seu universo que não são da capoeira. Não tô falando mal, hoje tem capoeira de Jesus, fight, capojitsu.. . a capoeira é viva, acredito nisso. Mas só a verdade permanecerá, não a minha ou a sua, mas a da capoeira”.

 

Romário ItacareConheci Mestre Lito nos Anos 90, Capoeira de valor, sempre presente nas Rodas do Centro, simpático e humilde, sempre nos ensina que melhor do que ser Mestre, é saber respeitar aos outros com carinho e amizade.

Parabéns Mestre por tudo que faz pela capoeira,e pelos alunos e amigos como eu. Grande Axé e até breve

Prof. Romário