Congo de Ouro

Capoeira e Percussão Romário Itacaré

Tenha em Mente que a percussão é uma das mais antigas formas de comunicação entre nós e nossos ancestrais
Aprenda RSS feed e encontre você mesmo! Prof Romário

Posts Tagged ‘Mamady Keita’

Mamady Keita

Mamady Keita (sobrenome, por vezes, também escrito Keita;. B Balandougou, Siguiri Prefeitura, Kankan Região, Guiné, Agosto de 1950) é um percussionissta mestre da nação do Oeste Africano da Guiné. Ele é especialista no tambor de mão em forma de taça chamado djembe. Ele também é o fundador da escola Mandingue Tam Tam de tocar tambores. Ele é um membro do grupo étnico Manding. Início da vida Keïta nasceu na pequena aldeia de Balandougou, Guiné, na prefeitura nordeste de Siguiri, perto da fronteira do Mali. Sua iniciação ao djembe começou com a idade de sete anos, sob Karinkadjan Kondé, ancião mestre djembefola de Balandugu, que o iniciou nos segredos do djembe. Keita foi educado nas tradições de sua aldeia, aprendendo a história e a música do povo Malinké. Na idade de 12, ele se tornou um membro do balé regional de primeira federal de Siguiri depois que Balanka Sidiki, um recrutador para o grupo, veio a Balandugu procurando artistas.

Mamadi Keïta. Mamady Keïta (surname sometimes also spelled Keita; b. Balandougou, Siguiri Prefecture, Kankan Region, Guinea, August 1950) is a master drummer from the West African nation of Guinea. He specializes in the goblet-shaped hand drum called djembe. He is also the founder of the Tam Tam Mandingue school of drumming. He is a member of the Manding ethnic group. Early life Keïta was born in the small village of Balandougou, Guinea, in the northeastern prefecture of Siguiri, near the border of Mali. His initiation to the djembe started at the early age of seven, under Karinkadjan Kondé, elder master djembefola of Balandugu, who initiated him to the secrets of the djembe. Keïta was educated in the traditions of his village, learning the history and music of the Malinke people. At the age of twelve, he became a member of the first regional federal ballet of Siguiri after Balanka Sidiki, a recruiter for the group, came to Balandugu looking for performers.